quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Contemplação: Momento de alegria e dor...

Mi bebe,



Por muitos anos achei que contemplar fosse algo simples, fácil e completamente agradável, mas essa palavra tão pequena e intensa é um modo de pensar e viver. Então, quando me vem sentimento de contemplação no fundo da alma me apego quanto ao seu significado: s.f. Ação de contemplar; contemplação dos astros. Concentração do espírito sobre assuntos intelectuais ou religiosos; meditação; viver na contemplação; Consideração: punir sem contemplação.

Não é um apego comum, é um apego ideal - que vem da ideia de tranquilidade que a contemplação me proporciona quando chego a esse estado mental -, que instintivamente insiste em permanecer por dias e dias... Como um vício.

Vícios são interessantes, mas tem os seus problemas, como numa peça teatral glamourosa, afinal, o glamour é só para quem vê...não para quem tem o trabalho de produzi-lo. Vícios são assim, glamourosos, porém, no final perde todo o glamour devido aos problemas que se tem através dele.

Mas a contemplação direcionada para alguma coisa que seja alimento ao nosso ser é uma ideia a se analisar, porque não corresponde necessariamente a um vício, mas uma sensação de satisfação e poder.

Quando olho o céu, mesmo que a qualquer hora do dia, me sinto satisfeita e poderosa como se um universo de possibilidades de abrisse ali, bem na minha frente. ( Isso é a minha satisfação e sensação de poder)

E aí, como qualquer vício te trás, tenho reações adversas. Hoje foi assim: Olhei para o céu e vi o quanto sou merecedora dos meus sonhos...E quando me lembro das diversas maneiras que o céu se mostra para mim, desde muito pequena, me emociono muito... É algo muito espiritual, transcendental e íntimo.

É como o orgasmo, cada um tem uma maneira de senti-lo e interpretá-lo. Particularmente, as pessoas são, assim como eu, mais do que um gemido quando sentem o prazer em algo. Minha relação com o céu é mais ou menos isso, talvez, muito talvez, seja um dos motivos de sentir uma insatisfação pessoal quanto a alguns campos da minha vida... Como se eu fosse uma pessoa insaciável em alguns aspectos, o que na realidade não é bem verdade.

Porque o sentir é a observação de si mesmo e as pessoas nunca poderão saber efetivamente o que se passa dentro de outra pessoa e, isso é não só curioso como interessante, afinal, para se saber algo...você tem que perguntar, estar concentrado naquilo. Pois a má concentração numa curiosidade pode te levar a interpretar tudo de uma forma muito errada, ainda mais quando se trata de pessoas.

Então, mi bebe, o conselho de hoje é: saiba ler as pessoas... Isso, com toda certeza, você aprenderá com o tempo e adquirirá a sensibilidade de entender que muitas vezes... você compreende tanto as situações e pessoas, que assusta uma universalidade delas e ao se confirmar tais aspectos "lidos", muitas vezes as pessoas que te rodeavam antes, deixam de permanecer na sua vida por medo, por orgulho ou qualquer outro motivo menos esclarecido.

Acredito eu que o céu e tudo que compõe a natureza é uma maneira de se chegar a Deus, assim como quando se brinca e mantém o coração puro. Sempre tive a sensação de que as crianças são anjinhos que caíram do céu e que vieram com o intuito de tocar o coração das pessoas mais velhas e ranzinzas ou de pessoas que Deus não consegue alcançar por alguma razão desconhecida. (Sempre vi pessoas falando que crianças derretem corações - mesmo os mais duros -, e é verdade *_*)

Tenho a ligeira impressão de que contemplarei a gestação e o seu nascimento, mi bebe, como quem contempla um céu azul... Sei que quando olhar no seu rostinho e você abrir os olhinhos, haverá entendimento mútuo de toda uma vida. E de tudo a única coisa que espero de você um dia é entendimento... Compreensão.

Olhar o céu é mais do que apenas um olhar para mim, mais que a contemplação, é a minha ligação com o que é Divino e isso jamais as pessoas poderão compreender integralmente porque elas sentem de forma diferente da minha... Espero compartilhar desses momentos de contemplação contigo, mi bebe, como quem compartilha o melhor de si. Prometo dar o melhor de mim a você e principalmente ao Todo-Poderoso, porque Ele será grande responsável por você, Ele estará contigo mais do que eu poderei estar em uma vida toda e te protegerá de todo mal que tentar alcançá-lo, porque Ele tudo vê. O céu é Ele olhando e contemplando a própria criação e quando penso nisso me sinto feliz e merecedora de tantas coisas, inclusive, da sua presença.

Dói esperar, mas é uma alegria imaginar os momentos que passaremos juntos...Te amo, mi bebe, te espero ansiosa e te imagino todos os dias ;)


* Foto tirada por Isadora Macêdo

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Um Porão: Novidades nem tão novas assim...

Mi bebe,

Como algo corriqueiro e necessário nós nos vemos em momentos de fazer limpezas. Bom, esse dia chegou para mim e, então, fui ao porão imaginário comparativamente ao porão aqui de casa. (ok! façam analogia, por favor, todos sabem que não tem porão aqui em casa e os que não sabiam, agora já sabem)

Estava eu a limpar memórias como quem lava a alma e desfaz de lembranças... Assim foi o meu dia, revirando caixas e caixas empoeiradas cheias de papéis da 3ª série do ensino fundamental... Ri muito revendo meus poemas que achava estarem perdidos. Descobri que sou uma boa escritora, claro, com níveis de melhoria a cada texto, desde pequena, por perceber que tenho o dom de  transparecê-los na folha que antes estava em branco, seja em uma simples história sobre a sorte, como num romance que escrevi mais nova ou em rimas...

Enfim, eu não era muito de longas histórias e ainda sou assim, prefiro mesmo, as poucas linhas de um poema porque nesse tipo de texto existe uma espécie de escrita mais transbordante, tórrida, envolvente.

Mi bebe, relê-los hoje e me ver como terceira pessoa é e divertido... E, Curiosamente, senti o texto como se estivesse passando por tudo aquilo de novo, mesmo sabendo que a memória é seletiva e sabe excluir momentos tristes. Porém, me vi na condição de menina perdida que cursava a 3ª ou 4ª série e sentia-me entristecida por alguma situação embaraçosa e, que eu mesma sabia serem tão bobos, passageiros. 

Hoje me sinto da mesma forma e sei que também passará porque a vida é cíclica assim como num disco furado que repete inúmeras vezes o refrão de uma música porque se encontra arranhado. As pessoas são constantemente arranhadas e tendem a repetir padrões, mas toda vez que se escuta ou se vive a mesma situação aprendesse algo novo, porque nas mãos do Pai somos vaso novo, somos pessoas novas e quando me lembro disso sei que Deus dá muitas chances e até mesmo mesmas situações para ver o nosso amadurecimento diante da vida. Tão bonitinho Ele ^^

Enfim, a faxina hoje foi geral, joguei muita coisa fora, muitas lembranças desnecessárias que a gente guarda achando que um dia precisará dela, mas não precisamos guardar, afinal a vida se repete. 

Temos muitas chances, mi bebe, de fazer o que é certo, de se redimir, de demonstrar sentimentos e também momentos mais do que importantes: de se preservar. Acredito eu que estou vivendo esse momento de preservação do que é meu, do que é importante para mim, do meu coração e principalmente da minha alma, da essência da Isadora sua mãe e principalmente do que almejo para o futuro. 

A gente tem que aprender a cuidar de nós mesmos e se preservar cada dia mais, afinal, as pessoas querem destruir o que a gente tem de bom por inveja, rancor, mágoa, por pura maldade. A ordem então, é se preservar. Se calar, sumir, viver o dia como se fosse o último e fazer o que é necessário para sentir a brisa e o frescor da felicidade, como quem recebe uma graça para esperar o futuro que deseja. Lute, mi bebe, para preservar seus ideais e seus sonhos, porque eles são mais valiosos do que a realidade, eles nos impulsiona a continuar vivos num mundo feio só para ter o gostinho de se sentir realizados na maneira de ser.

Pelo menos eu prezo mais o ser do que o ter e espero que você possa entender que isso de alguma forma é realmente importante e tem valor, mais do que muito ouro por aí. ^^


Mamãe te ama e te espera porque você é mais valioso que ouro ;)





segunda-feira, 19 de agosto de 2013

O Ritual do Café, que ele exista e saia do papel...

Mi bebe,

Guardo em mim a ânsia de te escrever, de contar tudo como se derramasse o oceano numa piscina de plástico num só dia: claro, impossível, até porque não se dá para saber de tudo e muito menos para contar tudo. Não, não estou sendo egoísta e escondendo verdades, apenas certas coisas não são viáveis de serem feitas ou verbalizadas porque no momento que a são se estragam. 

Essa semana começou bem, é tudo que posso falar. Tem sido tudo muito surreal e interessante como sentar num café e conversar sobre a vida com alguém de muitos anos.

As vezes descobrimos profundidade onde achávamos ser um pires vazio. É como explorar uma nova cidade e visualizar caminhos para o coração daquele lugar, o que se tem de melhor a ser conhecido ali. Ontem e hoje foram assim: conversa, conhecimento e alegria.

Finalmente depois de muitos anos esperando, a recompensa vem... Com as companhias, com os carinhos, com a consideração de quem a gente nunca imagina. Muito legal sentir ( porque sentir e ser é muito mais relevante do que o ter), então, seja curioso, seja audacioso, seja aberto a coisas novas - mas no tanto certo, nem muito e nem pouco -, seja também, fiel a você mesmo, mi bebe. 

Porque quando se está na sua, quando se está sozinho e machucado é necessário ter fé pois ela nos dá força para continuar e quando menos se espera vem aquela sensação de confiança no momento mais inseguro da sua vida, vem junto disso, pessoas importantes, momentos felizes, conversas agradáveis - perspectivas.

Sabe, a realidade é muito diferente do que contam os livros ou as pessoas - quando estão felizes - porque há uma tendência a acreditar que aquilo é uma constante, mas Deus é muito curioso e sábio, Ele nos quer perto Dele e quer que demonstramos nossa fé e carinho.

Nada posso fazer além de agradecê-lo por colocar as dificuldades em minha vida, porque sei que nelas Ele tem a intenção de me mostrar o quão forte posso ser e que essa força vem da fé.

Uma vez Ele me disse: - Filha! Você é mais forte do que pensa, não diga que és pequenina porque te vejo grande. Estou contigo e te amo. 

Nesse dia eu chorei como um bebê chora ao seu Pai pedindo socorro e alívio ao coração tão machucado. Hoje consigo entender os motivos que o levaram a ser brincalhão. Não porque Ele é maldoso, mas porque sabe que a dor que carrego é mínima perante a que Ele me ajuda a carregar.

Só Deus sabe do que estou falando, só Ele tem a capacidade de entender esse texto na sua integralidade e eu sei que a dor que nos passamos, por maior que ela possa parecer... Ela é pequena. Porque Deus é tão maravilhoso que coloca pessoas na nossa vida para nos ajudar, para nos animar e tomar café no meio da madrugada de domingo.

Eu sabia que essa semana começaria muito bem e sei que as pessoas entram na nossa vida por algum motivo misterioso de Deus. Então só tenho a agradecer a Ele por esse feito e fazer desse café um ritual. Um ritual de coisas boas, de notícias boas.

Consigo entender as pessoas que acham realmente chato estar perto de alguém que está machucado pela vida - já me negaram muita companhia nos meus momentos de tristeza, então, sei do que estou falando - mas consigo perceber a importância de se unir a pessoas que passam por sofrimento, porque nesse momento é que a verdade vem a tona e que podemos ali descobrir os caminhos que nos levam ao coração de alguém. Nesse momento eu consigo ver a beleza que a queda trás, porque na queda nos fortalecemos e que prevalece nesse momento um sentimento de irmandade que as pessoas esquecem quando estão felizes.

Só tenho a agradecer a alguém especial hoje, por fazer desses dias os melhores, por olhar para mim não como quem sente pena, mas como quem compartilha da mesma experiência e sabe o que é a dor. Então obrigada anônimo - assim te chamarei - por todas essas horas de conversa, por ver em mim uma pessoa em quem pode confiar.


Que possamos manter o nosso ritual como a lembrança de uma dor que passa, porque o choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã. E eu sei que na nossa vida só terá o melhor. Só terá vitória e felicidade transbordante.

Hoje a lição a você, mi bebe, é saber valorizar as amizades, ter a percepção de quem faz bem ao seu coração e quem deve sair dele - seja nos romances ou nas amizades. E algumas, simplesmente merecem permanecer para todo o sempre, porque elas valem mais do que o ouro. Deus fala que Ele vale mais do que todo o ouro e eu digo: tem pessoas que são pedacinhos de Deus aqui na Terra e que assim como Ele, valem mais do que ouro. Saiba reconhecer, porque elas não brilham que nem o ouro, mas brilham dentro de si e pela janela da alma: os olhos.

Mamãe te espera ansiosa ;)

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

O Universo chamado MEU!

Mi bebe,

Quando eu penso no Universo, penso em algo grande, imensurável. Mas ao se tratar de um Universo Particular, a situação muda sendo possível  identificar as partes que o compõe, pelo menos teoricamente. É muito engraçado, ao mesmo tempo estranho e constrangedor quando tento expressar o que denomino de MEU.

Constrangedor por motivos muito claros: Quem sou, como penso e sinto assustam as pessoas. Essa sensibilidade a flor da pele, o descontrole emocional fora de hora, a perturbação mental de quem convive com um turbilhão de ideias e sensações que não cabem no coração, realmente não agrada um número grande de pessoas.

O meu lado bom parece não ser dominante quando me olho no espelho, porque numa releitura de mim, esse pequeno momento de - acordar e ter a reação natural de me olhar - olhar no espelho grande do banheiro na esperança de ver além da imagem, uma alma...Caí por terra quando lembro que as pessoas esperam algo diferente de você. Então, todo dia me pergunto: sou o que quero ser hoje ou sou o que os outros querem que eu seja? Sou a essência de mim ou me confundo ao olhar meu reflexo?

Engraçado refletir sobre o reflexo ou sobre o que a minha imagem desperta em mim - enquanto pensamento - nunca saberei o quanto temos que ser agradável aos outros, como uma obrigação social de ser hipócrita consigo mesmo, numa breve mutilação pessoal de se podar para os outros e, sentir que não é você ali, sabendo naquele minuto, que isso não parece certo.

É muito difícil decifrar as pessoas quando se tem um universo particular conflituoso e cheio de ânsias, dúvidas e mutilações que a vida se encarregou de te dar como quem presenteia um rival. E que, complicado se torna quando o MEU (universo) é mais bonito do que o real, quando você imagina pessoas com defeitos sanáveis, pessoas com qualidades peculiares, únicas e pessoas que no seu universo tem grandes virtudes. E, encontra no mundo o antagônico, um mundo feio e de interesses vis, com pessoas superficiais, que engolem o outro por inveja. 

Hoje me deparei com romances a beira de uma livraria, até comprei um e ao começar a lê-lo vi que é tão natural ser perturbada. As pessoas só não percebem o próprio nível de perturbação porque pensam que aquilo é da essência que o constitui. Afinal, quem se arriscaria a ver um universo colorido como num sorriso e cheios de surpresas como num espetáculo da Broadway e ao mesmo tempo estranho como num filme de Quentin Tarantino que chega a ser assustador.

Quem conseguiria viver num universo em que coabitam "Ursinhos Carinhosos" e "Dexter - Serial Killer"? Jamais alguém entenderia uma pessoa que tem chocolates espalhados por todos os cantos e vive evitando com medo de engordar. Que não liga em comer Sanduíche do Mc Donald's na madrugada, mas que fica se achando gorda no decorrer da semana. Que não sente a culpa de falar o que acha, mas fica se remoendo por falar demais.

Uma pessoa que antes de dormir, aliás, que para conseguir dormir, tem de pensar no que foi durante o dia? Se foi quem deveria ser, quem gostaria de ser ou quem nunca deveria ter sido. Para algumas pessoas é muito fácil agradar...É só deixar que o outro faça escolhas por você, assim você não tem que fazer a reflexão diária que é necessária, até porque, o que teria feito de errado? 

Mi bebe, não deixe que as pessoas brinquem de campo minado contigo. Hasteie a bandeira antes que a bomba exploda, mostre a que veio, mas seja diferente de sua mãe. Seja sutil, na sutileza se consegue tudo e eu errei quando achei que agressividade fosse precisa para demonstrar o vigor de uma luta e nem sempre esse método é o mais eficaz.

Sua vó me disse que também já foi muito assim, agressiva no jeito de ser, provavelmente por sentir demais. Será que a solução para isso é sentir de menos? Quando menos se sente, menos decepção pode te alcançar?

Lembro de uma fase que passei sem sentir nada, como se nem existisse, era praticamente um fantasma andando por aí, olhando a vida como se não fizesse parte dela. Posso dizer com autoridade, isso não é bom, te faz perder a noção do que é importante e você se insere no mundo como se fosse a caixa de gordura da sua casa, em que nada do que as pessoas querem estão ali, mas ao mesmo tempo as pessoas consomem por acharem bom demais, afinal, a caixa de gordura é o que sobra do que foi consumido.

Equilibrar tanto sentir é uma tarefa árdua que estou aprendendo, dói, é como limitar o que você sente ou cortar a energia na melhor parte da novela - há a frustração de não se ver o final do capítulo, mas você não morre por isso, só não consegue ser a mesma pessoa, com tanto fulgor. Você é menor do que realmente é, se aceitando e ao mesmo tempo se repreendendo no decorrer da vida.

Só que os olhos não escondem quem você já foi e a mutilação por que passou até chegar ao ponto de equilíbrio. O olhar conta como um fofoqueiro que você não é só as palavras que proferiu ao se apresentar para alguém, ou os gestos que praticou durante a conversa. O olhar se ofusca e brilha com as situações que aparecem, como quem grita: Estou sendo mutilada! Estou feliz! Estou triste! E por aí vai...

As vezes imagino que me renovarei ao te olhar, mi bebe, como quem vê uma obra de arte, pura e simples na sua beleza de ser pequeno, frágil, esperto, sorridente e resmungão. Vejo você grande me contando seus pensamentos, seus sonhos, suas decepções, como quem pede conselho... Como faço com minha mãe, as vezes. Uma mãe pode ser uma grande amiga, saiba disso e saiba valorizar os conselhos, por mais doídos que possam parecer. Mesmo que contestar seja a primeira reação, muito natural até... Filhos são contestadores desda barriga, chutando, mostrando ali seu descontentamento em estar preso. hahahaha

A minha grande angústia até hoje foi não saber o meu propósito diante do milagre da vida. O questionamento de todo o meu ser é o desconhecimento do porquê de estar viva, qual o meu papel aqui nesse mundo sujo e feio? E porque trilhar caminhos tão difíceis e dolorosos? O motivo vai além da procura pela felicidade. Até porque o conceito de felicidade é simples: são momentos, nada mais que isso.

Mi bebe, saiba que a felicidade são momentos, para que você não fique preso na ideia de uma felicidade eterna, no para sempre. Porque o para sempre pode não existir e digo mais... As histórias ditam finais felizes para rotular o que não podem ter e para vendê-las mais facilmente, como quando contam as lendas que começam com o simplório ERA UMA VEZ... e termina com VIVERAM FELIZES PARA SEMPRE. Isso é marketing dos escritores e das livrarias para ganhar o pão do dia, porque a felicidade, na verdade, é a sucessão de momentos felizes reunidos num contexto só, como quem conta uma história emendada na outra só para que ela se torne cumprida. 

Child, quando pequenos precisamos disso para continuar nesse mundo feio. Acredito eu que prolonguei essa sensação por muito tempo e sofro com a ideia do mundo ser feio, das pessoas não terem valor, da falsa sensação de felicidade em momentos que na verdade é a pura expressão do pânico e da rede de mentiras que nos envolvemos desde sempre para suportar a realidade de que somos meras pessoas vagando a procura de mais um conto, romance e coisas bonitas. Sinto muito te contar que a vida não é tudo isso. 

Que não amo tudo isso, que quero voltar pro útero que rejeitei quando bebe. Isso é covardia? Será que é medo de enfrentar a realidade ou a saudade de uma época inocente em que todos tinham algum valor? Sei enfrentar o mundo porque todos os dias o faço... Mas será que vale a pena? Será que vale a pena lutar por um mundo sujo e feio? Será que essa luta pode mudar a essência do mundo e torná-lo colorido? 


Mamãe ama imaginar você e tentará fazer seu mundo melhor ;*



quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Merit(r)íssimo, um estado de espírito!

Mi bebe,

*Quando se come chocolate o texto fica mais gostoso, menos amargo e mais fácil de engolir!

Na vida a gente encontra pessoas de tudo quanto é jeito, pessoas com problemas, pessoas que solucionam problemas, pessoas sofridas, pessoas que causam sofrimento, pessoas com caráter e pessoas sem caráter algum.

E quando eu penso nisso me lembro das meretrizes, aquelas pobres coitadas que se vendem para ter o que comer, não no sentido figurado, mas no sentido mais doloroso que se tem: de estômago vazio mesmo.

E acaba que eu imagino, com tantas informações perante a minha consciência que enquanto umas vendem seu corpo para sobreviver e são denominadas meretrizes pela sociedade (pelo menos antigamente eram chamadas assim, hoje rebaixaram o vocabulário), eu imagino que alguns juízes de hoje muitas vezes desempenham esse mesmo papel sendo aleivosos, se dispondo aos ricos como se fossem capachos, e esses, por sua vez, tentam ao afortunar tais meretrizes, se safar da responsabilidade de algo que fizeram, é como se o rico tentasse se eximir de alimentar a boca que um dia o deu prazer. 

É muito descaramento da sociedade marginalizar mulheres que lutam pela própria vida ou pela vida de seus familiares e não marginalizar alguns ou muitos dos juízes que se prestam ao papel de meretrizes ao invés de meritíssimos como deveriam ser. 

É MUITA HIPOCRISIA, mi bebe, sabe o que isso significa? Significa que as pessoas tem mania de fingir, falsear a realidade a qual esta inserida representando aquilo que gostaria de ser ou que jamais será, como se estivesse numa peça de teatro representando virtudes e valores das quais não fazem parte da sua essência. Políticos e pessoas públicas tem essa característica muito bem demonstrada dia-a-dia. E infelizmente, nosso país também conta com a justiça encenando virtudes, sentimentos e crenças que não compartilha. Muito triste!

Um conselho a você, mi bebe, não se deixe levar pela hipocrisia que existe no mundo. Muitas vezes quem quer o mundo o ganha, mas perde o que se tem de mais valioso: uma vida com valores morais. Muitas pessoas tentam isso, se inserirem num grupo para se achar ali com valores morais parecidos, sinto dizer que já fui capaz de fazer isso por amor, mas que enxergo hoje, isso não valer a pena. Porque caráter e valores a gente têm e, muitas pessoas mundanas não entendem porque isso não faz parte delas. 

Eu não quero o mundo, porque ele não pode me proporcionar nada de tão bom quanto Deus me proporciona. Ele me dá o que eu peço e todos os dias peço sabedoria para lhe passar e também a sua presença física comigo. Um dia você chegará e esse dia será o mais feliz de toda a minha vida. Porque família, valores e caráter são melhores do que o mundo na sua inteireza com putarias como a que descrevi agora a pouco. Pessoas assim transmitem vergonha não só a mim, mas ao povo brasileiro, aos que realmente se importam com a pátria mãe gentil! 

Mi bebe, cuidado com o mundo, ele é sedutivo e pode parecer perfeito, mas é completamente vazio de sentimento, verdade, valores, crenças. As vezes a gente tende a escolher o mundo por se ver em conflitos com os próprios valores, claro, ele nos abraça como uma mãe e nos seduz como uma amante e parece boa como uma esposa, mas essa escolha mundana pode trazer dores e perdas lastimáveis.

Então, mi bebe, escolha o que é bom aos seus olhos, mas não aos olhos carnais e sim aos olhos espirituais, aos olhos do coração. Ele tudo sabe e tudo ensina porque Deus fala com a gente através dele, por isso digo que ser meretriz é um estado de espírito, tem gente que escolhe ser a meretriz do mundo, mas volta para casa todos os dias vazia, esperando encontrar aconchego num copo de rum. As escolhas afetam toda uma vida e os juízes que caminham por essas trilhas perigosas sentem isso na pele dias depois. Cuidado com a corrupção, com o engano, com a ganância e com a riqueza, com a vaidade, elas podem mudar sua cabeça e te fazerem entrar nesse estado de espírito e depois é muito difícil deixá-lo.

Nessas horas que vejo...


*imagem da fanpage Bipolaridades do facebook

Estou com saudades de você, mamãe te imagina todos os dias, te aguardo ansiosa ;*


terça-feira, 13 de agosto de 2013

QUATERVOIS, uma chance de acerto...

Mi bebe,

Deus como ser bondoso que é, dá a nós momentos de escolha. As vezes isso nos parece difícil, doloroso, errado, uma verdadeira encruzilhada, porém, existe algo que desconhecemos: o dia de amanhã, porque o dia de amanhã não nos pertence. 

O amanhã é como a cortina de um teatro e lá dentro tudo pode acontecer, sempre pode ocorrer surpresas, coisas boas, coisas não tão boas... Então Deus nos limita apenas ao dia de hoje para que não seja dobrado o nosso sofrimento.

Mesmo com toda essa sistemática somos obrigados a planejar o amanhã para que não fique ao acaso, apenas como uma forma de consolo de que talvez suas expectativas sobre o futuro prosperem, algumas vezes.

E apesar do planejamento, das noites em claro, dos esforços para se construir o futuro, mi bebe, existe o medo. O medo não de as expectativas serem frustradas, mas de olhar para trás e ver um vazio, como se não tivesse feito nada de realmente importante, por isso penso tanto em você, porque apesar de ser uma expectativa, ela é totalmente palpável, real e que acontecerá um dia. Até mesmo por instinto de perpetuar a própria família, porque você se torna o meu legado e com certeza o melhor de todos que eu possa vir a deixar.

Se tem algo que não me assusta é o fato de tê-lo comigo, talvez eu no início me sinta insegura, pensarei mil coisas, me perguntarei sempre se serei ou estou sendo uma boa mãe. Mas, acho que nasci para ser mãe, acho que isso faz parte da minha essência. Então não me preocupo em ser mãe, mas em que momento esse título me será dado. Até porque quero me estruturar para sua chegada, para poder curtir esse estado de espírito.

Quanto mais o tempo passa eu percebo que não sou dona dele, que por mais controladora que eu possa parecer, como se eu empurrasse os ponteiros, sei que nada acontece acima ou debaixo do céu sem a permissão de Deus.

O futuro é uma caixinha que todos querem abrir, muitas pessoas são ansiosas assim como eu quanto ao futuro, sei disso porque descobri que uma amiga é tão ansiosa quanto eu. Mas, quando a vejo, rio horrores pensando: Nossa eu sou assim? É engraçadinho se perceber no outro de maneiras tão sutis. É importante enxergar o outro, sabe? Acredito que as pessoas são colocadas no nosso caminho para vermos que o futuro está logo ali... Quando ouvimos e vemos histórias, lamentações, sofrimentos e sorrisos descobrimos que o futuro é importante, mas não mais do que o dia que estamos vivendo.

O futuro é o conjunto de esforços que fazemos no decorrer da vida, é o caminhar que fazemos até o ponto que queremos chegar. O futuro começa hoje, agora. Então, mi bebe, faça a diferença hoje para o amanhã estar garantido porque não sabemos o que acontecerá, assim, temos que tentar acertar o futuro com nossas escolhas. Afinal, é sempre bom estar resguardado para o que vier. Reguardado em todos os sentidos. Preparado para qualquer situação: surpresa, felicidade, dor, perda, ganho... 

* imagem da fanpage GLOSSÁRIO do facebook



Mamãe ama imaginar você ;*

domingo, 11 de agosto de 2013

A Falta de Um Pai...

Mi bebe, 

Amanhã é um dia frustrante para mim, um dia de lembranças ruins, um dia a qual sobrevivi por vários anos e também um dia que desejo ser diferente para você. Quero que você tenha orgulho de fazer parte de manifestações de carinho ao próprio pai. Porque isso é importante. Não porque todos o fazem, mas porque ter um pai presente, carinhoso, atencioso, conselheiro, amigo, protetor e ao mesmo tempo carrasco faz parte da formação da personalidade de alguém e quando uma parte de você falta na sua vida, acaba que você vira um andarilho perdido nas próprias aflições, dúvidas e é bem parecido com um fantasma que te assombra ou a saudade que não se mata.

Ter um pai ausente, um pai que te liga uma vez ao ano não satisfaz a falta que ele faz durante sua vida, seu processo de crescimento. Hoje eu gostaria muito de ser sincera quanto ao sentimento que tenho com relação ao meu pai, mas isso nunca é possível, não porque ele está desaparecido, mas porque a sinceridade e a verdade machuca quando existe a falta.

Por esse motivo, mi bebe, primo por uma estrutura familiar que me foi negada. Não me perguntaram o que eu achava, nem se quer eu pude falar o que sentia, o que pensava ou achava, até porque eu só balanceava na época em que meus pais se separaram. E realmente, quando não se está feliz com alguém ou quando essa pessoa não te faz feliz, ela tem que ir embora, caminhar sem olhar para trás. Mas, mi bebe, quando se tem filhos o deixar para trás dói, o não ligar, o seguir em frente não pode ser o mesmo de quando se é sozinho. Porque quando se tem filhos não se é mais sozinho.

E muitos pais não entendem isso, não tem a maturidade de honrar os compromisso de um pai. Ser pai é muito mais do que reproduzir sua linhagem... Ser pai detém responsabilidade, mudança de visão de mundo, detém coragem. Porque o filho para ter personalidade forte tem que ter parâmetros para isso. Me falta parâmetros, me falta visão, mas nunca me faltou amor.

A falta de um pai não me fez menor, me fez sofrida, mas não menor... Espero para ti mi bebe o que não tive e se por ventura tudo der errado, não foi por uma má escolha minha, mas por uma má escolha do próprio pai que decidiu não sê-lo.

Não culpo minha mãe pela escolha que fez, ela foi tão vítima quanto eu, acreditando ali, no momento do sim que esse homem a honraria para sempre. A questão é que nem todos os homens são feitos para o milagre de ser pai. Nem todos os homens foram feitos para promessa do sempre, porque para ser sempre é necessário fé, mas não só fé...É necessário cumprimento da promessa perante o altar. 

Pai sempre será pai, por mais falhas que tiver. Amo meu pai, amo como ele é... Sempre o amarei e o honrarei porque sou filha e filhos tem de ser melhores que seus pais em tudo, inclusive na demonstração de amor.

Não julgo meu pai hoje porque tenho a maturidade de quem sofreu e sei que ele também sofreu e sei também que nem todos que sofrem alcançam a maturidade... infelizmente. Te amo pai. E o conselho que posso te dar, mi bebe, ame o seu pai, por mais idiota que ele pareça ser para você algum dia. Por mais difícil que seja conviver, por mais doloroso que seja...Ame-o. Porque amor a gente não espera retribuição, só ama. Como Jesus amou os seus, mesmo tão pecadores. 


Te espero mi bebe... para amá-lo eternamente. Amo imaginar você ;* 

sábado, 10 de agosto de 2013

O simples: Onde você está? Pode acabar com sua noite!

Mi bebe,

Não acredite, por um instante que seja, que a proximidade de alguém pode ser algo completamente bom. As pessoas tem intenções diversas e as vezes más intenções. Um simples: onde você está? Pode estragar sua noite. Uma ligação, algumas palavras...Podem te fazer de refém daquilo que não quer para sua vida. Porque ninguém, mi bebe, quer uma rede de mentiras do seu lado direito da cama.

E qualquer pessoa que seja, merece o mínimo de reciprocidade, de verdade, de consideração. Coisas que hoje em dia, poucas pessoas tem a capacidade de expressar um pelo outro. Mas a vida ensina o que é importante, quem é importante e quem devemos manter e tirar da nossa convivência.

Sabe? É como tomar banho depois de uma noite de bebedeira e balada, você tira tudo de sujo que contém do seu corpo com água e sabão. E, as vezes é necessário limpar a alma e o coração. Mesmo quando a sua essência tenta te convencer do contrário... De que o coração tem sua quota parte nas tomadas de decisão e que ele pode estar com a resposta certa. Mas não é assim, na vida temos de ser racionais com tudo.

Não pode-se deixar dominar pelo coração ou pelas lágrimas corridas, elas não te levaram a lugar algum, não colocarão alimento em sua boca, não pagará suas contas, não te fará evoluir. O coração é como um Ditador no meio de um Estado Democrático... Você quer evoluir, seguir em frente e o coração te atrasa, te faz regredir. E na Ditadura, mi bebe, não se tem liberdade.

As vezes a alma precisa ser livre de tudo aquilo que te machuca e te destrói, então eu digo "Adeus" hoje para tudo o que me faz mal, me machuca, me consome e me faz sofrer. Digo "Adeus" a um sentimento que não me trará bons frutos, que não me trará você, mi bebe.

Dizer "Adeus" é difícil, porém, é algo possível. É como um Golpe de Estado... Demora a acontecer, mas quando acontece revoluciona. E hoje eu decidi não esperar mais, não procurar mais, não querer mais o que não me faz bem, não querer a sensação de amor sem amor, não querer a amizade que não tem respeito, não querer a saudade do que não foi e nunca será meu.

As vezes, mi bebe, e isso você ainda aprenderá, é necessário deixar as pessoas partirem ou compeli-las a ir embora, pelo simples fato de que a luta não vale a pena. Não vale gastar sua honra em uma luta sem valor ou simplesmente uma luta que não te trará a pessoa de volta, porque ela não te quer mais, ela não te ama mais, ela não te respeita mais, ela não te valoriza mais. E, uma coisa que aprendi na vida... Uma pessoa que não te valoriza, não te merece.


Mamãe te ama mi bebe, você é o único que vale a pena e eu lutarei por ti. Amo imaginar você ;*

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Considerações sobre o Tempo...

As noites em claro dão a sensação de que perdemos muito tempo dormindo, mesmo quando é necessário repousar. Mas o que adianta não dormir se de dia você sente cansaço? Inverter o tempo é o mesmo que brigar com ele. Lembro quando meu avô falava que "o tempo é um dos melhores amigos que a gente tem." Provavelmente porque ele elimina o que dói, mostra a que veio e te surpreende.

Sabe tempo? Hoje conheci alguém muito legal, fiquei mesmo impressionada como as pessoas são seres tão curiosamente interessantes. Temos mesmo que estar abertos ao conhecimento para enxergar alguém como um ser igual. Foi necessário, a muitas pessoas que se deixam inserir no senso comum, conhecer a Constituição Federal e o artigo 5º para saber que todos são iguais. Ignorância? Não. Só falta de olhar no espelho mesmo.

O engraçado é que antes mesmo que houvesse Constituição já existia esse conceito interior, mas que as pessoas burlavam por causa do ego. Na Bíblia mesmo já dizia: que fomos feito imagem e semelhança de Deus Pai. Isso sim, já nos faz ter um conceito de igualdade.

Hoje consigo olhar para pessoas que tinha aversão com olhos diferentes, olhos amorosos porque Deus gostaria que assim fosse. Mi bebe, um dia você vai se deparar com pessoas que não gostam de você pelo simples fato de você respirar, por não gostarem delas mesmas, talvez.

As pessoas são espelhos, mi bebe, o que você vê é como um reflexo. As vezes você admira...pelo talento, por carisma, por superação...Então você deseja aquilo, mas não com inveja, só por puro reflexo, como quem se olha e vê o passado, presente e vislumbra o futuro.

Outras vezes você olha e vê aquilo que não quer ser ou que é e não gosta, mas no fundo somos todos iguais. Somos como jarros que tem formatos diferentes, mas que servem para o mesmo fim: guardar coisas, mesmo que essas coisas sejam lembranças de algo que aconteceu ou algo que ainda vai ou gostaria que acontecesse. E nesse instante vemos que não temos controle sobre nada.

A vida vai nos levando e, apesar de ter poder de decisão, muitas coisas acontecem sem que a gente decida sobre o assunto ou a situação, então, ficamos ali...a mercê da vida. Esperando! Esperando ter ao menos um fim sem fim. Um fim que vire lembrança boa.

Tente querido, mesmo que seja difícil, tomar a melhor decisão quanto as coisas da sua vida. E ao sentir-se inseguro lembre: decida sobre a situação pensando no que é favorável no tempo.  E para variar o tempo está ali a esperar a melhor decisão, sendo nosso amigo, esperando que nós apenas o retribua, tomando a melhor decisão naquele breve momento. Observe o tempo e decida conforme o coração. ^^

Mamãe ama imaginar você ;*



 

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Uma historinha que me contam quando a tristeza vem...

Mi bebe,

Muitos assuntos devem deixar sua marca nesta página... E conversando com um amigo tive a maturidade de entender que tudo o que for dito aqui tem um motivo e um momento a ser dito. Mas, de longe eu nunca serei a melhor pessoa para julgar o que é bom para você além de você mesmo. Todos nós instintivamente sabemos o que é melhor para nós porque nascemos com a capacidade de prever o perigo latente, quase como uma característica de sobrevivência. Em que momentos chave da nossa vida teremos de tomar a decisão sozinho porque na vida somos assim... Andarilhos solitários a procura de um conceito de felicidade.

Um dos assuntos mais perturbadores e de conhecimento que tenho é quanto ao sexo...Um aspecto da vida que provavelmente você conhecerá mais tarde. O que me assombra nesse assunto é o fato de que para o homem e para a mulher ele é tratado de maneiras distintas. Como se o sexo fosse parte de um universo masculino ou feminino e não a mesma coisa. E realmente é assim. A questão é que a mulher por mais homem que seja nunca adentrará a esse aspecto do universo masculino.

O sexo não está separado do sentimento, ele detém um elo com a espiritualidade do indivíduo. É Transcendental e muito importante. Deus em sua capacidade elaborativa do que seria o amor definiu que o homem e a mulher tornam-se um só corpo e um só espírito quando unidos. E o que por ele é o unido jamais pode ser separado. Tenho medo dessa filosofia de Deus ao tecer sobre os mandamentos e Ele gosta de quem o teme. Não porque temer seja bom, mas o medo na dose certa é o que salva uma pessoa em momentos ruins. 

Posso dizer que me equivoquei quando passei por essa fase de descobertas porque jamais saberia eu que me arrependeria tanto de transgredir tal mandamento estipulado por Deus. Mas isso me serviu de experiência para compreender que homens tem pensamentos e mecanismos diferenciados quando se trata de sexo. E que as mulheres são instintivamente ligadas ao sexo de maneira que sem saber, procura pela melhor espécime no momento de procriar. Tanto ela como o homem estão geneticamente tentando melhorar sua espécie quando se unem... Por isso quando ficamos com alguém temos a sensação de que aquele momento é a demonstração pura e sincera e que pode sim ser a pessoa ideal. E as vezes essa sensação é bem real e não sentirá isso se não for com a pessoa certa. 

Muitas mulheres e homens saem aí caçando presas, tentando se encontrar na cama, tentando ter aquela sensação de quase morte e plena vida, mas podemos passar a vida sem sentir isso ou podemos senti-lá e saber que jamais outros seres te proporcionarão tão notável sensação de poder, satisfação, desejo e amor. E que passará a partir daí uma vida medíocre procurando em outros corpos a sensação que só um deles pode dar. 

Acredito que por isso Deus tenha falado tão seriamente que é importante se guardar para a pessoa certa e ele com toda certeza te levará até essa pessoa. Sabe, tem um amigo que sempre me contou uma história bonitinha sobre Deus, claro nas suas devidas adaptações... [Acho que era pelo momento que eu estava passando e por eu ter questionado Deus na época, mas a história original é contada por Platão, filósofo grego, em sua obra denominada "O Banquete", que reúne pensamento de vários filósofos da época. Essa em especial é expressada por Aristófones, falando sobre o mito do andrógino.  

*No final eu coloco um texto explicativo sobre essa obra e  sobre a história para quem quiser saber... 

Enfim, ele me conta até hoje essa história principalmente quando eu fico triste por não sentir achei esse sentimento de amor pleno ou por achar que encontrei e sofrer por isso. Muito provavelmente já passou e eu não percebi...

Mas a história é mais ou menos assim *adaptada: Deus criou o mundo, criou o homem e a mulher. Mas a mulher foi enganada por um animal peçonhento e comeu do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Quando Deus procurou-os, percebeu o que tinham feito e os baniram do Jardim do Éden, castigando-os. Mas, aí vem a parte legal da história...Que na verdade o castigo foi separá-los. Como se juntos fossem um e separados a metade. Então Deus colocou as metades em cantos opostos e eles passariam a vida tentando se encontrar.

Mas como Deus é misericordioso Ele ajuda essas pessoas a se acharem, colocando situações em nossas vidas para que a pessoa certa possa aparecer. E no momento que você encontra, se você pedir a Deus a sabedoria do Espírito, Ele te mostra e assim você saberá que aquela pessoa é a pessoa certa.

E mesmo que os anos passem ou que situações tentem separá-los, o que Deus une ninguém pode separar. Isso se chama esperança, um sentimento que acompanha o amor em suas diversas fase e formas. Sem esperança a humanidade nada seria. Então, tenha fé, esperança e cultive o amor puro, mi bebe, e Deus te abençoará grandemente.

Por tais motivos o sexo é extremamente importante e dissociável de sentimento. Não falo que ele vem com bagagem pesada, mas o mínimo de sentimento deve existir e se não houver sentimento, tem-se o desejo instintivo....Que é a expressão mais primitiva de sentimento já criada.

Tenho um conselho muito prudente ao meu ver... Cuidado, mi bebe, com o desejo... O desejo é algo bom, mas pode ser algo ruim também, assim como tudo na vida se não houver moderação.

Muitas vezes me vi cercada daquele velho "sexo casual" que tantas pessoas vivem falando e fazendo... Mas quando penso em sexo de uma forma assim, tão específica, me vejo numa sinuca de bico, um tanto retrógrada. 

Hoje em dia tem sido difícil a qualquer pessoa, mi bebe, negar qualquer coisa relacionada a esse assunto. Por um lado está o homem, sedento de desejo, querendo seduzir e satisfazer seu ego com os pequenos gozos. Do outro lado a mulher também assim, mas com certa limitação, não digo social ( apesar de existir), mas digo que pessoal ( me entende?), limite que ela própria se impõe por questões de princípios herdados e por querer manter tradições.

Muitos dos homens não entendem o "não" da mulher, alguns reclamam, outros desrespeitam, e alguns tolos dizem ser frescura. No entanto, se o homem conseguir entender que o não é não e que a mulher ou pessoa qualquer tem razões ou convicções para tal resposta, esse homem jamais  expressaria tolices a respeito do sexo e veneraria a mulher da maneira que lhe cabe...Com gentilezas, com flores, chocolates, carinhos e principalmente diamantes... Já que esses são os melhores amigos das mulheres. (hihihi) 

Mi bebe, o que quero dizer é: saiba tratar qualquer pessoa, mas especialmente a mulher/homem da melhor maneira possível para que você possa merecê-la(o) e fazê-la(o) feliz, porque para formar uma família é necessário honrá-la, mas não só no momento em que a constitui, porém, honrá-la em essência, para ser digno de um dia ter uma.

Mamãe ama imaginar você e não desistirá de tê-lo. ;*

Texto explicativo sobre "O Banquete" de Platão: http://pt.wikipedia.org/wiki/O_Banquete

O Amor aquece a Alma


O amor é um sentimento reconhecível em qualquer ambiente, espaço e tempo. É um sentimento universal que invade o corpo e aquece a alma. Sinto isso quando penso em Deus, na pureza das coisas e simplicidade da vida. Quando olho o azul do céu eu vejo que nada mais importa além do simples fato de respirar. Mas o mundo insiste em nos intimidar com o cotidiano pesado do trabalho quase que braçal para manter a dignidade.

Alguns lutam para manter a dignidade de uma vida que se foi, outros simplesmente para manter a própria vida ou alimentar bocas. Ambos tem o cotidiano para chateá-los e fazê-los esquecer de venerar o céu ou qualquer coisa próxima da perfeição...Paisagens, momentos, sentimentos.

O amor, posso dizer com conhecimento é um sentimento inigualável, pacífico, quase como compaixão... Quando penso nesse tipo de amor lembro do meu irmão. Uma pessoa que pouco vejo, que me distanciei, que pouco falo, mas que admiro e aprecio. É um dos poucos homens que fazem a diferença na minha vida mesmo sem saber. Um exemplo, mais do que qualquer um a ser seguido, de superação.

Ele tudo suportou e superou. Talvez por isso eu procure tanto algo parecido com o amor, mas nunca ache assim plenamente... Porque o amor em essência nos é dado na família. E apesar da família amorosa que eu tenho e sei que posso contar...Me sinto ansiosa por formar o meu núcleo familiar. 

Esse núcleo que escolhi para alimentar o amor já latente. Mi bebe, fico ansiosa por você. Sofro pensando que posso morrer amanhã sem sentir minha barriga crescendo ou podendo ver seu rostinho sorridente pedindo colo. Fico imaginando eu chegando em casa e você me esperando no portão para perguntar como foi meu dia, curioso para saber o que te aguarda. Ou sentar na mesa do jantar e perguntar a você como foi a escola e ver ali: meu filho, meu marido, minha família.

Imagino eu convidando a sua vó e seu tio Fred pra almoçar num dia de domingo só pra desfrutar de uma tarde em boas companhias, depois pular na piscina e brincar de marco-polo.

Confesso que tenho uma imaginação muito fértil e que provavelmente você está rindo lendo isso aqui. Mas realmente o amor é isso aqui: saber que mesmo que você não exista hoje eu já tenho amor por você... Acabei de descobrir que o que eu tanto procurei está dentro de mim. Isso é fascinante.

Foi preciso viver muitos relacionamentos fajutos, falidos em sentimento, bem, como viver paixões tórridas e intensamente dolorosas, mas hoje entendo que foi necessário passar por elas... Quero dizer que por mais que eu tenha me machucado, valeu muito a pena, porque por você vale a pena sofrer, vale a pena lutar. Consigo entender hoje pessoas que passam por lutas de igual valor. E agora posso dizer que sei respeitar esse sentimento de dever existente quando se luta por algo...
É algo que não se extingue até o fim da luta, é o que podemos chamar de paz. ;)



Mamãe ama imaginar você, mi bebe. E chegará a paz quando tiver você nos braços ;*

A Pureza do Coração




Mi Bebe, 




Desde criança eu sempre imaginei que com o passar do tempo as coisas melhoravam, porque nós instintivamente temos a vontade de crescer e se tornar adulto, sei lá porquê, mas é assim. Pelo menos na minha infância eu imaginei que faria algo grande quando crescesse. Algo importante, não para me tornar importante, mas para ajudar as pessoas. Hoje vejo que as expectativas em crescer foram alimentadas por um coração puro que nem sei se existe em mim mais. Posso te dizer que sofro como uma criança de 5 anos para servir de consolo, mas que tenho que agir conforme minha idade... e na minha idade, é difícil a pureza sobreviver. 

É como ter que escolher entre azul e rosa sem saber o porque exatamente deve escolher ou porque isso definiria quem você será. Pelo costume que veio antes mesmo da minha avó: azul é de menino e rosa é de menina, mas particularmente eu nunca gostei de rosa. Sempre me senti a vontade com a cor azul... Porque azul eram as cores dos olhos do meu avô, uma pessoa que eu sempre admirei. E isso sempre me lembrou o céu e eu sinto que tenho uma ligação forte com ele... Como se o céu conseguisse me trazer o conforto de casa.

Mas isso nada tem a ver com o início do que estava dizendo...Quero dizer para não se preocupar porque a grandeza está nas pequenas coisas do dia e não importa se terá o nome num mural estampado para todos verem, mas a grandeza com que sua família te vê. E eu, principalmente eu, já te vejo sendo uma grande pessoa. 

Talvez eu, enquanto Isadora, uma pessoa de família simples, não consiga chegar a grandeza pelos métodos exigidos pela sociedade hoje, mas sei que a grandeza é uma unidade de medida que nós mesmo estipulamos. É difícil te falar sobre a grandeza, mi bebe, porque a grandeza te proporciona o ego...Bom, eu internamente lutei por muitos anos pela desconstrução do ego e achava que isso era algo valoroso porque me sentia confortável com a pequinês do meu próprio ser... pensando que isso era ser humilde, mas isso não é verdade, isso se chama covardia. A grandeza não anula a humildade...Ela a reforça.

Só que as pessoas invertem conceitos, valores e princípios básicos...inclusive eu. Não estou imune desse tipo de inversão, porque na vida a gente passa por muitas situações que testam isso. Só quero dizer: não tenha medo de mostrar sua coragem...Ela é importante para o mundo e para si próprio. Faça as coisas pequenas com grandeza no coração e tente ser puro o máximo que conseguir, porque o mundo quer muito arrancar isso de nós. Isso é muito triste.


Mamãe ama imaginar você e não desistirá de ti. ;* 

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Alou Descarga?!

    Acordar com a sensação de que não dormiu por ter em mente várias ideias de textos legais é realmente um absurdo, mas vamos lá. Hoje eu acordei exatamente me sentindo como a Raquel, personagem fictícia da Autora Lygia Bojunga, no seu livro denominado: A Bolsa Amarela (ótima leitura aí para que está atoa). Estou cheia de vontades...
     Vontade de escrever crescendo imensamente, assim como Raquel tem na história de Lygia Bojunga, então, passei o dia ansiosa por esse momento em que eu deixaria meus dedos correrem pelo teclado seguindo o fluxo de pensamento, mas antes que isso ocorresse vieram as obrigações...Os compromissos marcados. 
     Às 06h já estava de pé, arrumando para sair. Foi aí que a ideia surgiu, quase como um clarão, de que a terapia que frequento regularmente tem um mecanismo interessante...Ela alivia o peso das coisas que passam por nossa mente, quase como uma descarga emocional, como se o psicólogo fosse alguém que compadecesse da sua dor, das suas fraquezas e das suas merdas. 
     Alguém que tem o direito de sentir pena de você através da profissão, até porque o psicólogo comparativamente falando é o esgoto em que sem cerimônia despejamos o que não queremos guardar para nós. Sabe aquilo que você quer deixar ir pelo ralo ou simplesmente apagar da sua memória ou mesmo resolver internamente? Pois é.
     Normalmente as pessoas dizem que psicólogo é uma espécie de bengala emocional, eu discordo...Em partes, quanto a essa classificação preconceituosa de que serve como válvula de escape. Acredito que o trabalho do psicólogo é árduo e delicado, tendo seu extremo valor social. É esse alguém que te salva das loucuras que se passam na sua cabeça sem te julgar, é esse profissional que olha para você com compaixão e escuta as suas neuras sem filtro social, compreendendo através de uma simples conversa o quão interessante você é, mesmo que aparente ser uma pessoa problemática socialmente.
     Esse profissional que muitos desprezam por nunca terem ido a um ou por mero pré-conceito estipulado pela sociedade mais hipócrita que já conheci. Uma sociedade doente que tem manias de ditar o que presta ou não ao ser humano, o que é bom ou não, o que é padrão e o que não é. Será que a normalidade é mesmo algo que possamos chamar de normal? Que padrões são esses que seguimos e carregamos no peito como uma verdade absoluta? Olhe para o lado, veja além do horizonte. Não somos feitos para seguir padrões, para obedecer o senso comum ou se intimidar com pessoas malvadas que te puxam para o lado oposto da liberdade de escolha. Que ditam que roupas usará amanhã, que te dizem o que comer, quem namorar, o que fazer... Nada disso importa amanhã, porque o amanhã não existe e nunca vem.
    Temos o hoje mi bebe!  Então filho, aproveite e não seja como a maioria, que segue o senso comum achando que a vida é só isso. Tenha mais do que uma mera cabeça, seja inteligente e use-a de uma forma produtiva e que não sigam padrões só por seguir ou porque falaram para você segui-lo. Questione as pessoas, o mundo, a vida e o porquê das coisas. O que é realmente a coragem? O que vem a ser a dignidade? É o que as pessoas dizem ou um conceito interno? Muitas perguntas e nenhuma resposta. Porque a sociedade é burra e não sabe dá-las a você... Por isso eu nunca segui padrões e sou discriminada socialmente. Mas é melhor ter poucos amigos do que conviver na hipocrisia e falsidade. 


Mamãe ama imaginar você ;*







  

Apontamentos sobre o Desejo...

Mi bebe, 

Quando a carne desperta o interesse, quando aromas hipnotizam e os olhares são recíprocos, existe o desejo absoluto de proximidade. O corpo quando deseja não respeita o coração porque se trata de instinto. 

E, quando se fala em essência, algumas coisas nunca mudam. A vontade tem que ser respeitada, mas ao mesmo tempo há a necessidade de restringi-lá, pelo fato dela nos tirar o filtro da razão. 

Quanto tempo será preciso para se compreender as dores que o desejo proporciona? Porque nesses momento queremos crer que estamos cobertos pelo manto da razão? Enquanto nos manipulamos neste sentido, atacamos diretamente o coração com farpas. Exatamente por acreditar que tal atitude ameniza a dor, alinha o desejo e o torna aceitável. Mas, sabe-se que não é assim que o mundo funciona, o desejo está a cada esquina...Fazendo inimigos e calejando corações! 

Cuidado :) 

Mamãe ama imaginar você :*

terça-feira, 6 de agosto de 2013

O medo da folha em branco...

Mi bebe,


   Por muitos anos me vi atrasando o desejo de te contar histórias por medo de escrever e me achar ridícula, por medo de mostrar ao mundo e não só a você que escrever é um dom que poucos tem. E se Deus, que é o nosso Criador foi bom comigo nesse sentido, então, Ele tem me instigado a retomar essa característica que antes estava sendo abandonada. 
     Esse medo vem não só de presenciar a folha em branco e achar-se incapaz de preenchê-la com sabedoria, mas por pensar que grande parte desse abandono tem a ver com a falta de fé que instalei em mim depois de grandes decepções e, de ver que o mundo não é um bom lugar. O mundo realmente tritura os sonhos das pessoas, ou melhor, as pessoas trituram os sonhos das pessoas, por diversos fatores: inveja, ganância, egoísmo, vaidade, rancor, maldade.
      O medo é um sentimento impeditivo principalmente quando se olha a folha em branco e imagina que ali tudo pode ser dito e que as letras escritas nela são eternizadas, ficando para sempre no papel até que ele envelheça e as palavras padeçam fisicamente, mas na memória ainda vivem. Assim, de alguma forma são possíveis de questionamento.
       Por isso o medo não pode ser cultivado, ele nos limita a ficar pensando no que poderia ser se fizéssemos de tal ou tal maneira. Filho meu, te digo que hoje estou ultrapassando a barreira do medo por colocar meu blog ativo não só para mim, mas para um universo de pessoas exigentes, que escrevem muito bem e que estão prontas a bombardearem minhas palavras e suas concordâncias de uma maneira positiva ou não. Mas, no fim é legal ver se a capacidade de transparecer um sentimento é algo real, no tocante a ausência do papel e da caneta, ficando a mercê da tecnologia, deixando essas pieguices...Papel físico, letra cansada e ilegível, a falta da tinta na caneta, o cheiro de coisa velha quando a carta envelhece... Aqui, as coisas envelhecem em data apenas. 
      Mas, voltando ao assunto, o mundo, mi bebe, é muito perverso, indigno e traiçoeiro, mas quero, se me permite, lançar a você um conselho de mãe: não se deixe abalar por todas as coisas ruins do mundo...Seja forte como sua mãe tem sido, mesmo quando o desânimo insiste em permanecer na alma e, se um dia chegar a  se sentir um nada diante da vida, saiba que existem três pessoas que te ama muito. Deus, eu e o seu pai.
      E, mais importante que isso, saiba que se um dia eu ou seu pai lhe faltar...Deus nunca faltará contigo. Porque o amor D´ele vai além do meu amor por você. Ele é o Pai realmente...Ele cuida, ensina e fortalece...até porque no mundo somos sozinhos.



Mamãe ama imaginar você e não desistirá nunca de tê-lo comigo ;*